Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

O outro lado



O outro lado

Todos temos um outro lado. Nem tudo que demonstramos ser é autêntico, pois mesmo que tentemos, somos mutáveis e nossos pensamentos e ações transformam-se com o passar do tempo.  Devemos apresentar aos outros o que melhor possuímos, nossa personalidade deverá ser marcada por ideias positivas, atitudes coerentes e evitarmos a impulsividade porque esta destrói tudo a nossa volta. A auto-confiança exacerbada é algo capaz de detonar nossos planos e sonhos. Viver de maneira simples, sem magoar as pessoas ou pelo menos tentarmos, e não nos magoarmos sem motivo aparente. No entanto existem ocasiões em que estamos mais sensíveis e nos deixamos envolver por coisas mesquinhas, fofocas, agressividades e etc...Nunca julguemos o outro,  cada pessoa é única e nem sempre age com a razão , na maioria das vezes é pura emoção e  influenciável. A compreensão deverá ser sempre usada em cada situação e muito bem elaborada nos nossos sentimentos. O Amor é a arma capaz de abrir nossos olhos e livrar-nos das confusões. Quando usamos de amor em cada passo desta estrada chamada vida tudo vai ser mais fácil de resolver. A Fé aliada ao Amor transforma-se-ão no bálsamo tão esperado.

terça-feira, 15 de maio de 2012

Quando o inverno chegar


 
Quando o inverno chegar
Desejo seu corpo aquecer
Nossa chama de amor acender
E nada vai nos fazer recuar

Nunca destruíram nosso lar
Mesmo que tentassem tudo foi em vão
Porque um relacionamento repleto de paixão
Não se permite ser abalado por intrigas

O inverno trás o frio
Com o frio o arrepio
Somos um , posso afirmar
Nada toma seu lugar

Denise Vieira Doro

terça-feira, 8 de maio de 2012

Ser mãe






Ser mãe é amar sem medidas
Ser mãe é preocupar-se constantemente
Ser mãe é educar pacientemente
Ser mãe é orientar devidamente
Ser mãe é compreender sempre
Ser mãe é aceitar cada filho do jeito que é
Ser mãe é orar para que os filhos tenham o melhor
Ser mãe é superar as dores
Ser mãe é defender sua prole
Ser mãe é ter no coração e no pensamento os filhos presentes
Ser mãe é ficar feliz com a felicidade dos filhos
Ser mãe é a superação do egoísmo  e a vitória da generosidade
Ser mãe é simplesmente saber esperar, perdoar e valorizar esse presente Divino.


Denise Vieira Doro

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Celebre as Vitórias


A cada dia passamos por incontáveis experiências e estas vão acumulando-se em nossa bagagem . Caminhamos cada vez mais, com nossas malas pesadas. No entanto ficam juntas na bagagem experiências boas e as que nos fazem ou fizeram –nos chorar, ficarmos tristes e magoados, ressentidos com alguém ou alguma coisa... E, isso de nada serve para nós, apenas para aumentar o peso que carregamos. Temos que ter a sensibilidade voltada somente para carregarmos tudo que nos fez bem e faz  ainda. Alegrias, momentos vividos com as pessoas que amamos de intensa felicidade. O orgulho de ver filhos formados, responsáveis, trabalhadores, o nascer dos netos e acompanharmos seu desenvolvimento, e etc... Ouvir que somos amados e dizermos a todos que amamos, o mesmo. Enfim uma bagagem mais leve, não pesa muito, porque está repleta de sentimentos bons que trazem paz  e harmonia material e espiritual. Cada vez que nos deixamos abalar por problemas ( bagagem pesada) que todos passamos durante nossa caminhada , atraímos o negativismo , passamos a ter sentimentos de que não somos amados e até que somos perseguidos. Isso é um grave engano. Quando determinarmos a nos afastarmos de tudo que possa nos fazer mal, jogando fora a bagagem que não presta pra nada, somente para aumentar o peso ( das culpas, dos arrependimentos, do sofrimento e etc...) nesse instante seremos mais felizes, nos sentiremos mais leves, daremos valor a cada pequenino gesto de atenção e consequentemente  estaremos aptos a darmos mais carinho , termos mais tolerância, compreendermos, enfim tudo isso acaba nos transformando em pessoas mais sensatas e pacíficas. Tentemos não acumularmos bagagem desnecessária, aumentam o peso desnecessariamente. A leveza de nossas atitudes e pensamentos irão nos proporcionar momentos inesquecíveis  e lembranças felizes.

Denise Vieira Doro

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog