Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

terça-feira, 2 de junho de 2015

O AMOR







 O AMOR .
O amor e a amizade se mesclam... Uma amizade pode transformar-se em amor, quando envolve duas pessoas de sexos diferentes , ou nos tempos modernos até do mesmo. A amizade é completa na maioria dos gestos, pois envolve: atenção, carinho, respeito, preocupação, solidariedade, disponibilidade e etc...
Numa amizade podemos sentir um grande amor, amor fraterno, amor filial, amor solidário, amor que se faz presente nos momentos mais difíceis  de nossas vidas.
Quem ama, telefona se não pode estar junto, se interessa pela saúde do outro e na amizade o mesmo ocorre. Um simples gesto alegra a outra pessoa.
Adora ser surpreendida a pessoa que nutre algum desses sentimentos por outra. Mas, ser enganada, ludibriada e desprezada, isso não faz parte nem de amizade e muito menos do amor.
Os maiores inimigos desses sentimentos são a mentira, a falta de respeito, as promessas que jamais serão cumpridas, enfim a falta de palavra.
 No mais se tivermos atenção para com as pessoas que temos esses tipos de relacionamento, certamente a amizade durará uma vida e o amor... Esse dependerá do sentimento de ambos e da vontade de se fazer o outro feliz. Existem criaturas que quanto mais se dedica amor e atenção as mesmas , menos valor elas dão a quem o faz. Nesse caso precisam de ajuda psicológica  todavia não acreditam que necessitem.
Que a vida possa fluir de maneira simples e repleta dos ingredientes necessários para vivermos em paz e repletos de ternura.


Texto do livro: O sabor da vitória
Denise V. Doro

sexta-feira, 15 de maio de 2015

E MAIS UM AMANHECER...QUE SEJA MAIS UM DIA DE GRAÇAS E QUE POSSAMOS SEMPRE AGRADECER POR TUDO QUE TEMOS, PASSAMOS E VIBRAMOS. SEMPRE O MELHOR PARA TODOS NÓS. A FÉ RESTAURA NOSSA ALMA, REVIGORA AS ESPERANÇAS E NOS DÁ AS RESPOSTAS NO DEVIDO TEMPO PARA TUDO QUE AINDA NÃO ENTENDEMOS.
PAZ E BEM!

sábado, 18 de abril de 2015

Comunicação em tempos modernos





O amor nos tempos hodiernos está bem diferente do que conhecíamos até a uns anos passados... Vivem-se relações peculiares. Não existe mais o flerte ou azaração. Os dispositivos tecnológicos vieram mudar as formas de se abordar alguém. Num pequeno celular, notes, Pcs entre outros, vemos pessoas nos sites de relacionamentos interagindo de maneira bem ousada e de certa forma muito intensa.
Quem participa de facebook, instagran  e etc... possuí a oportunidade de conhecer um número incontável de pessoas. Ali estabelecem diálogos, trocas de telefones, postagem de fotografias e até marca-se encontros para um conhecimento mais próximo.Isso sem falar nas webs cans que abrem a oportunidade de interação com voz e imagem.
O que surge depois disso são atitudes muito diversas, e muitos acabam em nada depois de certo tempo, noutros transformam-se numa amizade e um namoro  levado a sério acontece. Temos conhecimento de casamentos que ocorreram através desses recursos.
Todavia temos  conhecimento de um lado perigoso, onde os encontros são de homens casados  e até disponíveis ( separados, divorciados ou solteiros) mas com a finalidade de diversão e aventura.
Não nos cabe julgar, no entanto de acordo com a personalidade e educação recebida algumas criaturas se machucam, sentem-se usadas e etc...
Faz parte de um mundo virtual, onde até os valores e conceitos mudaram.
Usemos esses recursos com cuidado , seriedade e de maneira não compulsiva. Podem causar dependência, temos exemplos de alguns que se tornaram tão viciados que não possuem tempo para olhar para o mundo real. Nem fazem ideia do que se passa ao seu redor. E com isso perdem empregos,  oportunidades de trabalho e os estudos ficam prejudicados devido a falta de leitura e o uso de palavras bem reduzidas em suas grafias para poupar tempo.
Não fazemos apologia ao fim da modernidade. Desejamos que a humanidade saiba equilibrar o que anda utilizando, tenha preparo emocional para as decepções amorosas ou não, podem ser de amizades. Assim sendo os prejuízos psicológicos poderão ser minimizados.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

As crises de água e luz




É deplorável que tenhamos que vivenciar um país atravessando o caos da falta de água e se não forem tomadas providências,de luz. Um país tão rico e tão mal governado. Um país onde o Meio Ambiente não é preservado, onde o povo não é conscientizado pelos danos que causa quando desvia do curso normal dos RECURSOS NATURAIS OU INTERVÉM NOS ECOSSISTEMAS.
Estamos diante de uma situação muito grave e os habitantes dessa nação não se conscientizaram suficientemente de tudo que estamos enfrentando.
Inflação descontrolada,  todos os impostos em alta, taxas extras para quem consome além do normal. Nada disso estaríamos enfrentando se desde que aconteceu a ECO 92 foram colocadas as medidas para preservar os recursos naturais entre outras e os países se comprometeram a tomar atitudes para que nosso Planeta tivesse num futuro melhores condições para sobrevivermos.
O desgoverno dos últimos anos propiciou uma mentalidade de egoísmo, porque ninguém quer economizar por conta da teoria: eu vou fazer, mas será que outros irão também colaborar?
E nesse vai e vem de opiniões e culpabilidades estamos diante de um país onde temos que sobreviver diante da inflação que rouba nosso poder de aquisição, alimentos mais caros, passagens e tantas taxas e sobretaxas tão altas com a desculpa de que assim sairemos dessa situação triste e vergonhosa.
Nos mercados temos que fazer mágica para adquirir tudo que necessitamos, cortar alguns alimentos, mudar nossos hábitos alimentares, pois nem sabemos o que teremos de despesas ao final de cada mês.
E resta-nos rezar  e agir a cada dia com mais cautela nos gastos porque tudo é imprevisível e o país cor-de-rosa pintado por nossa atual presidente não passa de um país cinza escuro, onde se vê poucas luzes para corrigirem tantos descalabros.

Denise Vieira Doro

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Viver sozinho
















A arte de se viver sozinho é muito complicada. Desde nossa vida intra uterina ficamos reféns de alguém... O bebê se sente protegido no útero materno e sabedor de que não está só.

Nós não estamos psicologicamente preparados para vivermos sós. Por mais que desejemos, às vezes temos esse ímpeto , por mais que queiramos, sim por outras ocasiões queremos estar sozinhos, uma hora ou outra isso acaba nos fazendo mal.

O Ser Humano sente muita necessidade, principalmente em seus momentos de preocupações ou decepções , de falar com outra pessoa, desabafar, ouvir uma opinião mesmo que dela discorde.

Quando estamos  sozinhos isso  se acentua muito mais, porque até falar sozinho falamos, porém não ouvimos a outra voz, de alguém que de uma forma ou de outra vai nos socorrer, aconselhar ou até mesmo criticar.

Nessa busca incessante por algo que preencha UM VAZIO NA ALMA, QUE PODE ACONTECER SE ESTIVERMOS COM ALGUÉM OU NÃO, vamos nos corroendo de tristezas e não permitindo que outras pessoas de nós se aproximem. Cada vez que ficamos muito pensativos isso pode se alojar em nosso consciente e alavancar uma sucessão de distúrbios comportamentais que levarão nossa vida a um caos.Isso só é percebido quando amigos afastam-se e evitam qualquer contato pois nos tornamos chatos, repletos de queixumes e colocamos obstáculos em tudo que possa nos livrar desse mal.

Reflitamos até que ponto devemos ser orgulhosos e nos isolarmos de algumas criaturas na esperança de que assim teremos os problemas resolvidos sem desabafarmos o que tanto nos aflige.

Para sairmos desse estágio teremos que ter a coragem de falar, procurar, esclarecer e resolver a solidão da alma que acaba se refletindo na vida.



Denise Vieira Doro

sábado, 3 de janeiro de 2015

Amar sem receios







Amar sem receios
entregar-se sem medos
receber com ternura
a paixão e a loucura.

Amar sem limites
inovando o que existe
tornando melhor
o que nunca foi triste

Amar é querer
Querer é prazer
Prazer é doar
Sem nada cobrar

Amar não é pouco
é muito , é tudo
que completa dois
festejando o depois.

Denise Vieira
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog