Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Festas Juninas




Mês de junho, mês de muita euforia, festas juninas, quadrilha, fogueira, barraquinhas com os quitutes mais apreciados, o famoso quentão!
Nosso país é privilegiado! Seu povo mesmo enfrentando dificuldades financeiras, sempre dá um jeitinho de festejar os santos Santo Antônio,São João, São Pedro e São Paulo. As famílias se reunem para ensair passos dessa dança originária de Portugal e tão apreciada aqui. Em muitas cidades do Nordeste são realizados concursos de quadrilhas. A mais bonita ganha troféu e em algumas da região sudeste já presenciei concurso dos noivos de quadrilha mais bonitos. Nas escolas quer sejam públicas ou particulares, os alunos ficam numa alegria só, enfeitando os " Arraiás", ensaiando a dança e o casamento  caipira. Como é bom vivermos esses momentos! No meio de tantas notícias que a mídia veicula desastrosas, em meio a uma inflação que ameaça voltar, da violência e das drogas podemos contemplar o povo festejando a cultura de forma simples ou mesmo mais sofisticada, dependendo da condição financeira. Certo é, que nessas festas a tradição de um povo se faz presente e em meio a fogos de artifício vemos o céu lindamente colorido. E o coração de cada participante estará repleto de cores .
Que balões não sejam vistos no firmamento!
Que nosso povo saiba festejar com moderação , união e paz!
Denise Vieira Doro

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog