Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Deixar acontecer







É preciso deixar acontecer... Permitir que as coisas boas venham até nós. Darmos uma oportunidade a nós mesmos de renovação. Tudo muda, nossos pensamentos e atos transformam-se a cada dia ou hora, nossa visão da vida e por isso devemos superar o que não nos agradou e jamais desistirmos de perseguir nossos sonhos. Se uma amizade terminou, não nos revoltemos. Outras virão trazendo paz, alegrias e cumplicidade. Existe algo melhor a nossa espera a cada dia. Se um amor não deu certo, nada de sofrimentos, encaremos como uma experiência em que o aprendizado foi enriquecedor. Vamos viver intensamente todos os minutos e conquistarmos através do diálogo o que desejamos e com nossa fé  a certeza  da vitória.

Denise Vieira Doro

sábado, 27 de julho de 2013

O PAPA FRANCISCO




 
O sumo pontífice mostrou-nos a importância do respeito e valorização dos idosos na sociedade mundial. Enfatizou em seu discurso, que os jovens de hoje e os idosos caso não tenham a atenção necessária poderão vir a ser excluídos do contexto social em que vivem. Sabemos que a cultura do Japão oferece aos anciãos todo respeito e carinho, visto que são  portadores de grande experiência de vida e Sabedoria. Cumpre a nós cristãos ( não importa a religião) lutarmos veementemente para que o que ELE nos alertou seja realmente uma prática de vida. Cobremos dos  governantes qualidade de vida para os idosos e oportunidades de estudo, trabalho e lazer para os jovens. Que nossos idosos não necessitem de asilos.Não permitamos que sejam excluídos sob nenhum pretexto. Lutemos por uma qualidade de vida digna para os idoso carentes de tudo em nosso país.
Fica aqui uma solicitação. Que cada um de nós faça a sua parte.
Agradeçamos a DEUS pela visita do PAPA FRANCISCO, um SER iluminado.

Denise Vieira Doro

sexta-feira, 26 de julho de 2013

DIA DA AVÓ





  
Todos os dias são realmente dias da avó, afinal vó é vó. Jamais esquece seu neto ou netos. O diferencial é que hoje as avós são mais modernas, mais liberais com seus netos. Não ficam fazendo tricô ou outros trabalhos manuais somente, podem e devem , no entanto são descoladas... Vivem antenadas com os assuntos modernos, sabem bem navegar na net, saem com seus netos para assistirem atividades esportivas, bons filmes, shopping e etc... O mais interessante é que vovó é sempre a  advogada de defesa de seus netos. A sabedoria das pessoas idosas ou experientes ( pois existem avós ainda novas) faz com que as mesmas não permitam que seus filhos hajam de determinadas maneiras na educação dos seus netos. Nem sempre conseguem convencê-los, porém o importante é a preocupação que toda avó tem sempre com os netos. A ligação que existe vai além do amor é mesmo uma ligação de almas. Avó é amiga, companheira e terna. Sempre que pode faz de tudo para agradar seus netinhos. Presto essa homenagem a todas as avós desse planeta. Tive avós maravilhosas e rogo a Deus que proteja e dê saúde a todas as vovós. Que todos os netos sempre retribuam com muito carinho à suas vovós... Que tenham sempre um telefonema ( se moram distante) e quando perto muito carinho e amor. Afinal o dia em que ELA partir, certamente deixará muitas saudades . Parabéns a todas as vovós !

Denise Vieira Doro

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Praticando o verbo amar...





 

O AMOR deve estar em nosso respirar, nosso agir, nosso falar.
O amor fraterno que deve ser vivido com nossos semelhantes , amigos e parentes distantes.
A fraternidade como um todo deve ser algo importante em cada momento de vida.
 Os laços familiares andam desgastados, pela falta de tempo, a tecnologia, enfim pouco se pensa na importância de convívio com a família. Não se faz necessário estarmos todos os dias juntos, porém um telefonema, um e-mail, uma mensagem pela net significam atenções e carinho que todos nós amamos receber. Dar é também uma forma de receber.Ninguém resiste a um carinho, uma demonstração de afeto, a um Eu te amo... Como seria bom se a humanidade voltasse a usar palavras, gestos e formas de demonstrar o quanto umas pessoas são importantes para as outras. Parece que isso ficou fora de moda. Vamos amar mais, demonstrar mais e vivermos a plenitude que é fazer o outro feliz.
Denise Vieira Doro
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog