Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Preciso aprender a ser só





Preciso bastar-me

Preciso cuidar-me

Preciso amar-me

Preciso viver



Viver sem que precise de outra pessoa

Pra me completar e me realizar

Sem lamuriar porque nos momentos importantes

Estou sozinha, e na verdade não estou



Tenho a mim e isso é suficiente

Para que possa reavivar a chama da fé

A coragem de encarar cada dia

Com absoluta certeza de que sou feliz.



Denise Vieira Doro

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Sou gente...








Sou gente

Gente que ama  gente

Que ri e chora

Que caí e levanta

Que acredita e se decepciona

Mas que não desiste da luta.

Pois a vida é isso

SER alguém que sente

Sente cada momento

Cada ato e faz acontecer

Tentando acertar

Nem sempre consegue

Mas no final

Tudo serve

Pra enriquecer o coração

De alguém

Que ama viver de Paixão.


Denise Vieira Doro

sábado, 5 de janeiro de 2013

Eu sei que vou te amar






















Eu sei que tu me amas
porém não o demonstras
Eu sei que somos parte
Um do outro em pensamentos

Eu quero que esse amor
Se transforme em entrega
Numa entrega sincera
Total e cheia de ardor

Te desejo, me desejas
Te contemplo, me contemplas
Que possamos realizar
A maravilha que é amar.

Denise Vieira Doro
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog