Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Meus desejos








Desejo ser um sopro de vida na vida de alguém...
Uma esperança para seus projetos...
Um carinho em suas horas de carência...
Uma palavra de conforto nas horas de lágrimas...
Um corpo bem quente para aquecer, quando estiver frio...
Um beijo que sacie todos os desejos...
A pessoa cuja ausência será presente em cada hora do dia...
O olhar que transmitirá paz e cumplicidade
A emoção que fará  cada momento importante.
O colo  acolhedor e repleto de amor.
Desejo amar, amar e amar sempre.

Denise Vieira Doro

sábado, 13 de abril de 2013

Sou livre







Sou livre como um pássaro
Já estive presa numa gaiola dourada
Tenho lindas recordações dessa época

Hoje liberta sem ter onde pousar
Posso sentir a brisa do mar
 A fúria do vento

Nessa liberdade vou vivendo
Feliz  e tentando acertar
Meus passos, e proteger-me

Talvez a proteção seja o escudo
Para não deixar-me envolver
E novamente sentir-me aprisionada

A única prisão que desejo
É a de estar em seus braços
Sentindo o que transmite seus carinhos.

Nessa troca de sensações
O prazer fala mais alto
Com  uma imensa atração.

Sua voz mexe comigo
As palavras dão sentido
E então perco o juízo.

Denise Vieira Doro

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Propriedade



 

Não temos o direito de pensar que somos proprietários de algo ou de alguém... As coisas materiais se esvaem quando menos esperamos , então não nos pertenciam, estavam conosco para que usufruíssemos e se não soubemos fazê-lo perdemos.
A vida é assim nunca somos donos de nada e quem pensa que é... vai sofrer muito. As pessoas , os amores, enfim até as amizades... nada é eterno e se durar uma vida foi algo realmente surpreendente e merecedor de valor.
Quando conquistamos a amizade de alguma pessoa, muitos sentimentos estão envolvidos nisso: simpatia, empatia, atração ( se for com outra intenção ) e às vezes com o sexo oposto começa mesmo como uma amizade legal, e se transforma com as conversas em atração e essa... ninguém sabe onde vai parar... Imaginamos , porém isso não significa que se acabar em algo ligado ao sexo que somos proprietários , que somos os melhores , os insubstituíveis ou que é amor. AMOR É DIFERENTE! E se alguém tem algum relacionamento amoroso e pensa que é dono da outra pessoa se engana. O que realmente une duas almas, digo almas, porque vai além do contato físico é algo inexplicável e quando acontece deve fluir como um rio, tranquilamente, contornando os obstáculos e jamais represando suas águas. Nunca devemos prender a pessoa que amamos, deixemos sempre livres porque assim se retornarem é porque nutrem algo por nós ( simpatia, tesão, amizade e etc...) e o mais importante é que o fazem por opção e não por obrigação. Nada de questionamentos e cobranças isso detona qualquer relacionamento , inclusive entre amigos.
Vamos dar importância aos momentos em que podemos ser felizes e fazer alguém igualmente feliz. Tentemos demonstrar o prazer quando estamos perto de alguém que nos dá confiança, carinho, que sentimos falta quando longe  e consequentemente essa interação vai selar não um compromisso e sim um sentimento muito lindo, não necessariamente AMOR.

Denise Vieira Doro

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Vida






Vida minha . vida linda
Vida que me brinda
 Com amor e alegrias

Vida que refaz
O que ficou pra trás
E dá muita paz

Vida que emociona
Devolve sentimentos
Que estavam esquecidos

Vida que eu vivo
Com muito sorriso
Sempre que preciso.

Denise Vieira Doro
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog