Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sábado, 22 de fevereiro de 2014

O fim





E tudo terminou assim...Três semanas exatamente foi o tempo onde tudo levava a crer que nada existia entre as duas pessoas que pensavam que se amavam.Foram longos nove meses de convívio e de superações. Haviam momentos de tensão, onde o diálogo tornava-se impraticável.Creio que a culpa fosse dos dois, afinal quando não se entende o outro acabamos por desabar toda uma relação. E aos poucos as estruturas foram cedendo veio a instabilidade, o afastamento, as discussões sem motivo justificado.
Todo relacionamento requer muita renúncia, porém quando um dos dois ou ambos não desejam abrir mão de algo em prol do outro, tudo vai mesmo esmaecendo e terminando.
O afastamento é inevitável e a necessidade de superação da saudade, da voz, da presença física é muito importante.
E sendo assim chegou ao fim.

Denise Vieira Doro
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog