Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Sou escritora desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante através de meus textos palavras edificantes e que causem impacto é uma fé imensa na vida e na humanidade. Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer. Faço parte da Leia/JF, Liga de escritores, autores e ilustradores de Juiz de Fora. Sou da Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada no município de Paty do Alferes onde residi por trinta e cinco anos. A vida é um belo presente.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Viagem inesquecível.


Amigos, conheci um lindo país, e apaixonei-me de primeira. Por certo isso haveria de acontecer, porque sou descendente  de portugueses. Amei Portugal e, na oportunidade pude conhecer mais de vinte e dois sítios. Que saudades!!! Não vejo a hora de voltar e conhecer o que faltou. A viagem ocorreu em 29 de agosto de 2005 e pasmem não me senti cansada e já apreciava o povo português mas, passei a apreciá-los mais ainda. Limpeza, beleza, organização, pessoas gentis, cultura encantadora... Em Portugal me senti em casa com algumas diferenças. Nem tudo aqui no nosso país é tão bem respeitado como lá. Sabemos disso. Depois da viagem passei a dizer que minha nacionalidade mudou. Hoje me considero BRASUGUESA, uma misturinha de brasileira com portuguesa. Lá tenho parentes. No Porto, cinco primos de primeiro grau de minha falecida mãe e em Lisboa não consegui localizar os parentes de minha falecida avó que também tinha parentes em Coimbra. Nos próximos dias, pretendo ir narrando como foram minhas experiências durante o passeio. Estas estavam num outro Blog que acabei excluindo, mas salvei e vou aqui contar para vocês.
Boa noite amigos!

Um comentário:

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!

Muito gosto em conhecê-la!

A maior parte dos portugueses que imigraram para o Brasil, em tempos mais distante e outros mais recentes, eram do norte deste país.
Eu sou do sul, do Algarve.
Mas há amigos lacobrigenses a viver aí, desde há décadas.
Às vezes vêm cá.
E agora há por aqui muito brasileiro.
Já não só jogadores de bola e dentistas...
Conheço alguns e desses há quem, parece,
vai ficar por cá.
Também eles se sentem em casa.

Daqui lhe envio os meus mais cordiais cumprimentos

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog