Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sábado, 28 de dezembro de 2013

ANO NOVO








Esperanças renovadas
congratulações trocadas
sentimentos de fraternidade
demonstrações de bondade.

E vamos idealizando
sonhos, projetos e afetos
sempre na mais pura essência
desejando a coerência...

E chega o ano, trazendo euforia
Fé que revitaliza
orações de gratidão e certezas
de que esse sim será melhor do que o passado.

Que não percamos jamais o desejo de lutar
de sonhar, de perdoar, de amar,
de aproximar o bem e afastar o mal
afinal ano novo, vida nova!


Denise Vieira Doro

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

ECONOMIA







Jamais economize AMOR!
A vida passa tão rápido,  se não demonstrarmos e esbanjarmos AMOR, FATALMENTE VAMOS NOS ARREPENDER MUITO.
Façamos de cada momento uma oportunidade de Paz, Perdão, Fraternidade, Generosidade, Amizade e assim sendo colheremos frutos bons que nos farão imensamente felizes.
Não cobremos das pessoas aquilo que nós não possuímos. Julgar alguém é como nos colocarmos em um pedestal e olhá-lo como se fosse uma criatura indigna de compreensão.
Façamos economia de: egoísmo, vaidade, deboche e etc...Enfim de atitudes e sentimentos de menor valia. Somos dignos do melhor e DEUS nos capacita para isso.
Nosso tempo aqui nesse mundo é escasso, não aproveitemos para pensamentos pessimistas. Vamos lutar para construirmos um ambiente melhor, para nos tornarmos melhores e não percamos as ocasiões de união familiar e com amigos . Sempre que pudermos vamos demonstrar nosso carinho e respeito por todos, principalmente pelos mais próximos que talvez por estarem tão próximos, nossa tendência poderá ser de esquecermos de dizer também o quanto são importantes pra nós e que os amamos.
 Que tenhamos a sensibilidade de evitar causar sofrimentos em outras pessoas. Não existem motivos para que isso  ocorra. Mesmo que estejamos vendo tudo errado a nossa volta, vamos recuar , procurar e dialogar para que qualquer dúvida seja dirimida.
E para encerrar vamos viver o verdadeiro AMOR, aquele que tudo supera, que não descrê  fazendo de cada obstáculo um degrau para nossa elevação espiritual e aperfeiçoamento moral.

Denise Vieira Doro

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Ver você




Ver você

Meu dia é nublado
chuvoso e triste
quando anoitece
 e você não aparece.

Você ocupou um espaço
conquistou meu abraço
despertou o meu beijo
mais ardente de desejo.

E caminho a cada dia
pensando que ver você
vai tornar-me mais alegre
e minha alma mais leve.

Denise Vieira Doro
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog