Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sexta-feira, 1 de março de 2013

O sentido da vida




Nossa vida só tem sentido quando marcamos os corações das pessoas.
Essa marca é de nossos atos, palavras e possui algo tão significativo que nos eternizará nos corações pelos quais passaremos.
Coisinhas simples e evitemos complicar muito, tais como: um telefonema, um torpedo, um bom dia, um eu te admiro muito, eu te quero sempre bem e etc...
E tudo isso fará uma diferença no Universo em que vivemos, pois palavras marcam, ficam e se importantes serão inesquecíveis.
Vamos desligar a tomada dos melindres, sejamos mais felizes. Esqueçamos pequeninos desentendimentos, para que possamos superar  e enterrar qualquer mágoa, porque isso só fará muito mal a nós mesmos. Nada, no mundo deve ser valorizado absurdamente principalmente fatos desagradáveis. Não é fácil exercitarmos essa maneira de sentir a vida, mas é realmente um exercício diário.
Antes de falarmos da atitude de alguém, vamos nos colocar no lugar dessa pessoa e analisar o porquê ... Sim tudo tem uma explicação e certamente estando dispostos a perdoarmos primeiro a nós mesmos, por sermos inúmeras vezes tão egoístas e que chegamos ao cúmulo de pensar que temos o direito de falar da atitude ou do modo que outra pessoa age como se fôssemos um exemplo de perfeição.
Estamos aqui no Planeta Terra  não à passeio todavia numa escola em que temos a cada minuto de vida lições incontáveis.

Denise Vieira Doro
Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog