Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O verdadeiro AMOR UNIVERSAL

Sabemos que viver não é nada fácil, mas apesar de tudo que possa nos acontecer é uma experiência sem par.
Os problemas gerados por terceiros em nossos caminhos atordoam, tiram-nos a estabilidade emocional e no fim das contas oferecem a chance de conhecermos melhor as pessoas. Nossa expectativa em relação aos que nos rodeiam, parentes ou amigos é muito grande. Porém quando vemos a cortina cair  em alguns casos e conhecemos melhor o íntimo de cada uma delas temos a responsabilidade de darmos a atenção necessária ou orações ( quando preciso) , e depois disso esquecermos o assunto. Colocando nas mãos de nosso Deus, não importa a fé professada, estaremos auxiliando para que o AMOR UNIVERSAL venha prevalecer. Nem sempre tudo saí como imaginávamos... Na maioria das vezes pensamos estar dando atenção, amor e amizade na medida certa ( se é que existe medida) e isso pode gerar em algumas criaturas revolta, maledicência e etc... Enfim sentimentos que não condizem com a normalidade. Tais sentimentos fogem aos padrões comuns e daí ficamos decepcionados. Vamos pensar com muita serenidade, perdoar com sinceridade e deixarmos que o tempo  se encarregue de fazer com que a LUZ DA SABEDORIA  reine nos corações dos que enxergam tudo com óculos escuros, incapazes de ver o lado bom das pessoas, as qualidades, o quanto foram solidárias e amáveis. AMOR UNIVERSAL creio que seja exatamente assim. Não importa quem, se amigo ou inimigo gratuito, perdoando, rezando por eles, estaremos construíndo uma vibração positiva, infinitamente repleta de PAZ. E assim sendo estaremos cumprindo o que aqui viemos fazer: Amar, Sofrer, Perdoar e Orar , buscando  o DIVINO em cada ser Humano.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog