Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Sou escritora desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante através de meus textos palavras edificantes e que causem impacto é uma fé imensa na vida e na humanidade. Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer. Faço parte da Leia/JF, Liga de escritores, autores e ilustradores de Juiz de Fora. Sou da Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada no município de Paty do Alferes onde residi por trinta e cinco anos. A vida é um belo presente.

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Ser confiante.

Ser confiante.
Ser confiante é, não permitir que algum problema nos abale a ponto de desistirmos de nossos projetos, sonhos e realizações.Ser confiante é além de tudo , termos confiança em nós mesmos, nossas atitudes e decisões.Ser confiante é, apesar das decepções com amizades, perdoarmos sempre e superarmos, demonstrando que nosso coração está aberto a novos amigos e disposto a preservá-los.Ser confiante é, continuarmos apostando no próximo e suas palavras, em nossos ideais e transmitirmos a esperança que contagiará a todos.Ser confiante é, não abandonarmos o barco a deriva, e sim apesar do mar revolto, resistirmos com uma fé inabalável de que chegaremos ao nosso destino.Ser confiante é pensarmos todos os dias que não somos os únicos que temos problemas, outros os possuem em proporções bem maiores e isso não os impede de manterem o bom humor.Ser confiante é ter sabedoria para discernir o certo do errado e sempre escolher a melhor opção, para não ter arrependimentos no futuro.Ser confiante é ser autêntico em nossas palavras e atos, demonstrando que pensamos para o nosso bem e o de todos que fazem parte de nossas vidas ou cruzam nossos caminhos.Ser confiante é cada novo dia estabelecer que vamos servir com boa vontade a quem nos pedir ajuda e, ajudar aos que percebermos que necessitam e não pediram.Ser confiante é , espalharmos pétalas de rosas por onde passarmos, e não pedras, para que sempre alguém se lembre de nós pelo perfume deixado das pétalas e não pelos tropeços nas pedras que impensadamente colocamos nos caminhos percorridos.Sejamos confiantes e seremos muito, muito mais felizes!
Autora: Denise Vieira

Nenhum comentário:

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog