Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Somos o que pensamos...

Somos o que pensamos...

A vida é para ser aproveitada ao máximo! Momentos bons , podemos construir. Quanto aos de tristeza que nos pegam de surpresa, eliminemos pensando sempre que tudo será superado. Exatamente assim, Nada e Ninguém terá o Poder de estragar nossas horas, dias e anos de vida.
Nada é mais importante do que o Amor, que começa em nós e por nós se propaga no Universo. De dimensões inimagináveis! O Amor gera a Paz, esta a Alegria, o Contentamento e onde há Amor, não haverá espaço para o ódio, a inveja , os desentendimentos, as calúnias e etc... O Amor tem o poder de anular e quebrar esses pensamentos e atitudes que por falta de nossa conscientização de todo o poder que temos em nós, por vêzes permitimos e invadam nosso EU.
Somos o que pensamos e vamos pensar sempre o melhor. Em cada situação vejamos o lado Bom e eliminemos o que poderia ser avaliado como temeroso. As vivências mostram-nos que de tudo algo de benéfico sempre receberemos . No entanto, poucas pessoas param para refletir sobre isso.
Vamos ser pessoas críticas, mas não maledicentes. Não julguemos os atos dos outros. Tentemos sempre compreender e com bons olhos avaliarmos.
Isso demoramos muito para perceber, mas não custa tentarmos.
Comecemos o dia Felizes!
Se pensarmos certamente seremos.

Denise Vieira

Um comentário:

Marly Bastos disse...

Essa fórmula seria a ideal para se viver bem conosco e com os outros. Concordo plenamente contigo amiga, somos aquilo que pensamos e aquilo que propagamos.
Beijos amiga. Saudades

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog