Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Sou escritora desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante através de meus textos palavras edificantes e que causem impacto é uma fé imensa na vida e na humanidade. Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer. Faço parte da Leia/JF, Liga de escritores, autores e ilustradores de Juiz de Fora. Sou da Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada no município de Paty do Alferes onde residi por trinta e cinco anos. A vida é um belo presente.

sábado, 12 de março de 2011

Carta ao homem amado

Meu amor eterno:
Ouso dizer que nosso amor é eterno, pois transcende tudo e todos. Diante dos maiores obstáculos, nosso amor venceu, ultrapassou e se fortaleceu. Inúmeras vezes uma pessoa me disse: _ seu casamento vai terminar, não resistirá a tantos sofrimentos, a tantas turbulências... E, foi exatamente por causa de tantos sofrimentos, tantas lutas e vitórias posteriores, que ele foi se fortalecendo a cada dia mais.
Tivemos dias de muitas lágrimas, noites em que abraçados chorávamos e nos perguntávamos "por quê?". Mas sempre o Amor, a Paciência e o Perdão nos auxiliaram. Hoje, após longos trinta e nove anos, fico muito feliz ao constatar que formamos uma linda família, mesmo diante de tantas dificuldades.Três filhos perdidos, mas ganhamos três , mais tarde e temos hoje seis lindos netos. Doenças, sustos, temor de um perder ao outro... Isso, faz parte da vida de todos os seres humanos. E o melhor podemos festejar, apesar das opiniões médicas, estamos aqui , juntos nos amando a cada dia mais e provando que a Fé mais uma vez supera tudo, remove as maiores montanhas.
Te amo e sei que sou correspondida.
Nosso amor é todos os dias regado como uma plantinha, onde as surpresas mútuas acontecem.
Deixo aqui registrado para nossos descendentes: _Que nossa união possa servir de exemplo à alguém, e vamos nos amar  a cada dia mais e mais, pois ainda é pouco diante do amor que temos para partilhar.
Beijos de sua eterna  namorada, mulher e amante.
Denise Vieira Doro

Nenhum comentário:

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog