Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

terça-feira, 19 de abril de 2011

Como vai você?





Como vai você?




Que está desempregado e não encontra uma porta aberta, para reconquistar sua dignidade de cidadão...



Que vive a chorar porque se encontra enfermo e poucos lhe oferecem ajuda...



Que necessita de uma palavra amiga, de um abraço forte e de companhia nas horas de solidão...



Que não possui dinheiro para manter suas necessidades mais  urgentes e seus “amigos” desapareceram...



Que necessita de um sorriso, de alento, de fé...



Que deveria ser assistido por pessoas que se dizem cristãs, mas o ignoram...



Que já teve emprego, dinheiro para se manter, família estruturada, todavia ao perdê-los, parece que a vida perdeu o sentido...


Que anda pelas ruas, sem emprego, pedindo dinheiro para comprar um pão...


Não desanimes, ainda existe alguém, que você poderá contar: VOCÊ.



Se você se dispuser tudo se transformará.



Refaça sua Fé, se encha de coragem, não desista de lutar pela vitória e tudo voltará a calma, tudo será passado e um futuro agradável estará a sua disposição.



Tente  quantas vezes forem necessárias!



Denise Vieira Doro



























Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog