Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Sou escritora desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante através de meus textos palavras edificantes e que causem impacto é uma fé imensa na vida e na humanidade. Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer. Faço parte da Leia/JF, Liga de escritores, autores e ilustradores de Juiz de Fora. Sou da Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada no município de Paty do Alferes onde residi por trinta e cinco anos. A vida é um belo presente.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Bodas de Granito




Quarenta e oito anos de casados! Parece uma eternidade! Porém, não é. Tenho um casal de amigos de Salvador que ontem celebraram quarenta e oito anos de casamento_ Bodas de Granito, e que nome mais sugestivo!     O granito é uma rocha formada de três minerais: mica, quartzo e feldspato. É mais duro que o mármore. Um casamento que sobrevive a todo tipo de experiência como todos os casamentos que duram muitos anos é realmente como um granito. Meus amigos são pessoas especiais, tolerantes, compreensivos, educados, e acima de tudo muito religiosos.  Formaram uma linda família, três filhos e três netos, todos bem formados e acima de tudo de uma eduação ímpar .A fé é um dos sustentáculos de um feliz casamento. Desejo a ELES que brevemente possamos festejar as Bodas de Ouro. Uma união assim tão linda, repleta de cumplicidade e afetividade merece ser enaltecida, pois nos dias de hoje isso é raríssimo.
Aqui fica hoje minha homenagem ao Armando e Lygia Margarida  e os votos de que essa felicidade perdure por muitos anos ainda.

Denise Vieira Doro

Um comentário:

Lygia disse...

Prezada amiga Denise.
Foi com muita emoção que lemos esta linda homenagem que você nos fez, no seu blog.
Temos muito a agradecer a Deus porque conseguimos não só formar uma família educada nos princípios morais e religiosos como também, ter amigos fiéis que nos ajudaram nesta longa caminhada com palavras de carinho, com a presença nas horas da alegria e da dor.
Viver a dois é um exercício constante antes de tudo de amor, tolerância, respeito ao outro e cumplicidade. Até hoje vivemos um grande amor e este com certeza continuará quando daqui partirmos para junto ao Pai.Deixaremos para nossos filhos e netos esta herança de fidelidade e respeito.
Obrigada pela sua presença em nossas vidas.
Lygia Margarida e Armando.

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog