Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

A vida continua

Como continuar a viver?
Sem sentir a sua falta ?
Sem ter mais os seus carinhos ?
Sem te abraçar um pouquinho ?

Não existe um instante
que estejas bem presente
nos meus atos e pensar
e tenho que aceitar






Nem tudo é como antes
sua presença e sorriso
davam todo o sentido
da vida que eu gostava

Mas , como dizem os sábios
Outro plano, o descanso
Você deve estar passando
E eu aqui te lembrando.

Dedicada ao meu amor que partiu em 29 de novembro de 2011
Denise Vieira Doro

2 comentários:

Van disse...

Oi Denise,

Momento delicado este seu, de saudades infinitas, desejo-lhe força, você a terá.

Gostei imensamente de tê-la por lá, um presente que a minha querida Marly me deu.

Seja sempre bem vinda. Beijos!

IVANCEZAR disse...

Denise:
O encontro com o inevitável é apenas questão de tempo para todos nós humanos. Ele - como eu - acreditamos no Oriente Eterno, e por lá nos reencontros . . .

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog