Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Viajar para descansar






Viajando no tempo envolvemo-nos  no passado que leva-nos a sentir alegrias, e noutros momentos dores. Há necessidade de viajarmos de verdade, por lugares que nunca estivemos, conhecermos pessoas e aprendermos novas culturas. 
As maneiras pelas quais podemos esquecer o que nos traz tristezas ou aborrecimentos são muitas, porém nada é mais benéfico que sair e num determinado local decidirmos pra onde iremos e concretizarmos nossos projetos. Julgarmos alguém por estar triste ou depressivo é uma reação de desumanidade. Cada qual sabe o porquê de suas angústias e medos.
Repensemos no quanto podemos auxiliar quem precisa não só materialmente , mas acima de tudo espiritualmente. Saber ouvir, falar só quando necessário e de maneira que a pessoa em questão sinta-se bem, reconfortada e sabedora de que pode contar com você. Existem dias em que nenhum dinheiro compra o que necessitamos, somente o amor revelado em amizade e respeito poderá nos completar nas carências momentâneas.

Denise Vieira Doro

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog