Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Falando em Natal









 
Falando em Natal

Falar do Natal é tão fácil, enfeitar casas, dar presentes, iluminá-las,preparar ceia farta, desejar Feliz Natal a todos... Viver o Natal é muito diferente.
A humanidade envolve-se no clima natalício com sentimentos aflorados: doações, fazer o bem, reaproximações, perdão... Resta no entanto, saber se o Espírito do Natal está realmente no âmago desses corações. Natal não se resume apenas a isso vai muito mais além. Além das aparências, além de gestos julgados fraternos. O Nascimento de Jesus  nos revela que o AMOR em todas as suas nuances tais como sinceridade, humildade, união, amizade, desinteresse financeiro, paz, tolerância, solidariedade e revisão de maneiras de ser, ver e tratar o próximo são básicos para que o NATAL torne-se realmente verdadeiro. A ciência em cada ser de fazer ao outro o que gostaria que lhe fizessem e o respeito.
Vemos casas muito lindas, outras nem tanto, porém muito do que assistimos é apenas uma encenação, uma forma de sentir-se feliz comemorando o Natal com os presentes, casas cheias de parentes e amigos, os brindes de bebidas variadas , sorrisos e uma aparente harmonia. Na maioria das vezes após as festas tudo volta a ser como antes, vive-se a insistir em erros , palavras e etc... Tudo contraditório aos olhos de Deus e dos homens de boa vontade.
O valor do que se vê ou faz está num só sentimento o AMOR. Amor revelado em atitudes de renúncia, de reconciliação, de pensamentos bons para todos os seres, de desprendimento, de vibrações de energia salutar. Essa essência Divina irá transformar tudo que se fizer em algo tão lindo e ligado ao equilíbrio  que trará tranquilidade. E que na autêntica manifestação dos festejos, permaneça por todo o sempre o mistério do nascimento do Menino Deus  em nós.

Denise Vieira Doro

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog