Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sábado, 27 de março de 2010

A Páscoa

A Páscoa


Vivemos tempos difíceis. Falar de amor, solidariedade e perdão em muitas oportunidades é como plantar sementes boas em solo árido.
No entanto , nossa missão está em sempre que possível não falar e sim agir de acordo com o que queremos. E, queremos sempre o melhor.
Páscoa é sinônimo de Passagem. Período excelente para que reflitamos sobre nossa vida.
Pensemos se temos sido coerentes: discurso X ações.
Os cristãos celebram a Páscoa tendo como exemplo a Ressurreição de Cristo.
As dificuldades que Jesus encontrou para que sua Palavra tivesse o poder transformador nos corações humanos, ainda hoje é sentida por todos que possuem Fé e buscam a cada dia seu aperfeiçoamento como Ser Humano.
Sua ressurreição é a prova de que tudo pode ser superado.
Nada é definitivo no plano espiritual. Temos constantemente arestas para serem polidas. Algumas atitudes nos atingem e atingimos nossos semelhantes severamente algumas vezes.
O importante é tentar sempre, estarmos em busca do melhor, reconhecendo os erros cometidos. Termos a humildade de pedir perdão e também de perdoarmos a quem nos magoou.
Essa é a passagem, o renascimento para um propósito de vida pleno de buscas incessantes pela felicidade nossa e de nossos irmãos.

Denise Vieira

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog