Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

sábado, 21 de maio de 2011

Conclusões sobre o Amor





Creio que amar é fácil,

Manter a chama do amor acesa é difícil.



Para conservar um amor tem que haver doação,

Renúncia , companheirismo e união.



Não acredito em amor que se anula em prol do outro.

No final das contas , um dia a “ficha caí” e aparece a revolta.



Revolta por tudo que perdeu e pelo que aceitou e na verdade nem gostava.

Isso não é amar!



O verbo amar conjuga-se facilmente. Mas, viver o Amor exige mais maturidade,

Sabedoria e sensibilidade.



Dizer que ama e não estar atento ao outro, (ser amado, parente ou amigo) é uma grande mentira.



Quando se ama verdadeiramente estamos sempre em sintonia com o outro. Atentos aos seus anseios, suas necessidades ( não me refiro a bens materiais) e sim a tudo que envolve sentimentos e atenções.



Cada palavra, gesto ou olhar, traduz o amor em sua plenitude, portanto cuidemos do que falamos, agimos e olhamos.



Amar é muito mais do que abraçar e beijar! É Ser especial na vida do outro e quando dele se afastar deixar uma imensa saudade.



Amar é Ser presença na vida de alguém, auxiliar, se necessário sem que precisem nos solicitar.



Amar é o sentimento Universal, pois não importa a cor, raça, religião ou lugar, será sempre algo valorizado como jóia rara.





Denise Vieira Doro


































Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog