Quem sou eu

Minha foto
Juiz de Fora, Minas Gerais, Brazil
Uma mulher guerreira, romântica, amante de música e tudo que envolve cultura e artes. Pedagoga, poetisa, escritora de fatos da vida e de sentimentos envolventes na vida de todos nós. Amo crianças, respeito e venero as pessoas idosas, luto pelo fim de todo e qualquer preconceito.Oro pela cura de doenças como o câncer, a Aids entre outras...Sou viúva de um homem maravilhoso,me fez feliz por quase quarenta anos, mãe de três filhos e possuo seis lindos netos. Tenho amigos valiosos e acredito que a Educação é a arma para Transformar nosso Planeta num lugar onde o Respeito e o Amor sejam constantes.Escrevo desde os onze anos de idade.Meu primeiro livro publicado é "Soltando as Amarras", poesias num misto de romance, auto ajuda, homenagens e quebra de paradigmas.Escrevo vários gêneros literários. Tenho outros livros prontos para publicação, inclusive infantis. Creio que tenho por missão transmitir ao meu semelhante algo que possa beneficiá-lo . Fazer feliz as pessoas é meu maior prazer.

segunda-feira, 23 de maio de 2011

A força do pensamento

A força do pensamento é algo incrível!


Usamos pouco ou quase nada do nosso pensamento para atingirmos os objetivos. Refiro-me ao uso da mesma ( a força) para atrairmos tudo de bom, não somente para nós, como também em prol de outras pessoas.


Que sentido teria , se não fizermos dela uma prática em nosso dia a dia?  Devemos utilizá-la sempre que possível para auxílio de outrem.


Sugiro experimentarmos tal prática , sempre que pudermos. Vamos vibrar situações de harmonia, união, generosidade e saúde para nós e todos que necessitarem...


Pensar  é mentalizar situações que necessitamos ver modificadas, sempre para o progresso de alguém e o nosso também. Devemos neutralizar pensamentos nefastos. Dar lugar em nossa mente aos pensamentos bons, que trazem prazer, alegria e assim sendo, seremos mais amáveis, evitaremos palavras "pesadas" ( que trazem energias negativas). Tudo vai melhorar e aos poucos perceberemos que acontecerão a seu tempo, o que vibramos . É evidente que isso deixar-nos-á muito realizados e adaptados as mudanças que ocorrem a cada minuto em nossa vida.




Denise Vieira Doro























Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Meus netos

Meus netos
Dia 18 de junho de 2010

Arquivo do blog